quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Das coisas tão nossas

Eu quero alguém que me diga muito, mesmo no silêncio dos nossos nadas. Alguém que tenha coragem de me contrariar, de expressar suas opiniões (mesmo quando infundadas), de me seduzir e que queira me roubar daqui. Alguém que queira construir uma família pra ser nossa. Do nosso jeito, com a nossa cara. Com uns 2 filhos e alguns bichinhos fofos. Alguém que esteja de corpo e alma, que não deixe pra depois o que podemos viver hoje. E que saiba ser feliz nas coisas simples e amar mulheres loucas. Quero alguém que acredite na realidade, que esteja farto de idealismos como Romeu e Julieta, casais 20, como paixões platônicas e definições sentimentais pré-estabelecidas; mas que me dê um amor sufocante, incondicional, intenso, extremo e vital. Quero alguém que não saiba mais seguir sem mim, que tenha defeitos encantadores e me faça ficar sem jeito de vez em quando. Alguém que entenda o que é TPM e me abrace sem eu ter que pedir, quando eu precisar apenas de um carinho. Na verdade, eu quero alguém que seja carinho 24 horas por dia, nos 7 dias da semana. Que me faça enjoar de seus abraços e beijos desmedidos. Alguém para rir junto, que seja tão idiota quanto eu, e que pense em mim. E que minta pouco, ou nada, mas me diga sempre que estou linda, que se apaixonou perdidamente e que eu sou a mulher da sua vida.
.
Quero alguém que queira estar ao meu lado, sempre, em todo lugar. Alguém pra estar junto nas horas difíceis e nos momentos de ócio, que me escute e saiba me confortar. E acima de qualquer coisa quero um alguém amigo e companheiro, mas que tire meu fôlego e sono. E que deixe tudo pra depois, se este tudo não passar por mim. Quero uma pessoa que me ligue só pra dizer que está morrendo de saudades, e assim esteja. Eu quero um alguém que queira. Que não tenha vergonha de dizer aos quatro ventos que nunca amou ninguém assim como está amando a mim. Eu quero um homem que saiba o momento exato de me dizer tudo que sente, e que me provoque a sentir também. Alguém que me belisque para ver se não é uma ilusão toda esta avalanche sentimental que nos soterrou. Eu quero alguém que faça de tudo para me fazer feliz. Não seja vazio, superficial e não viva de aparências. E que não me faça promessas que não serão realizadas. Não quero alguém que viva de fantasias. Quero um alguém que saiba enxergar além das suas próprias razões. E que tenha pressa em ser feliz. Que goste de ler, de conversar horas e horas sobre qualquer coisa, de deitar no escuro e ficar falndo bobagens, só pra ouvir a minha risada. Que me peça pra demonstrar tudo que eu sinto, hoje e agora e assim também faça. E que goste de música, de viajar, de dividir, de amar.
.
Eu quero um alguém que saiba escrever as melhores estórias, a quatro mãos, sem revisão ortográfica.
.
Quero um amor que me compre comidas gostosinhas e duas alianças. Que me mime. Que tenha um apartamento aconchegante. Com um chuveiro bem quentinho e toalhas fofinhas. TV grande e DVD. E uma cama de casal. ENORME, com edredon fofinho.
.
.
Mas se for você, eu me contento com um colchão duro de solteiro e alguns motivos pra sorrir ouvindo um 'acho que estou apaixonado, e é por você menina'.

3 comentários:

Cacá Ravizzon disse...

Ai, ai... suspiros... (Preciso dizer alguma coisa???)

Dani Cavalcanti disse...

Um desses assim que se leva no olhar e faz o bater do coração sambar!

E quem não quer?

Anônimo disse...

por que é o nós precisamos e só...